quarta-feira, 23 de junho de 2010

Vir para estudar

Aqui em Londres existe muita gente que vem cá com o intuito de aprender inglês e voltar ao seu país com a esperança de encontrar um futuro melhor. Normalmente vêm para estudar umas horas e trabalhar todas as outras. De todos os trabalhos que conseguem, acho o de Au-pair o mais ingrato. Vivem em casa de uma família e tomam contam das suas crianças, nos intervalos tentam estudar inglês. Ganham uma miséria e não têm horas de começar nem acabar, muitas vêem-se sem fins-de-semana, têm de limpar a casa e ainda conduzir em Londres mesmo não estando habituadas... Mas contudo, o que mais me choca nestes casais que procuram au-pairs, é o desprendimento com que acham que podem fazer o que querem com a vida delas. Amanhã, sábado, preciso de ti,vamos sair e voltamos às 6:30pm... já acho mal, não é amanhã podes??? É amanhã ficas...!!! Pior é quando a pessoa fica, marca coisas para depois das 7 e às 9 os senhores ainda não deram as caras. O telefone toca: Ah desculpa lá mas estamos a caminho, o trânsito está mau e tal... (2 horas de trânsito... eles acham que a inteligência só os brindou a eles!) mais 20 minutos e estamos aí. 20 minutos??? (só podem estar agora a sair de lá!) Ainda dá para irmos comer qualquer coisa? Ainda não jantámos... Tenham a santa paciência mas a falta de vergonha na cara tem limites!
Pois bem, eles chegam de trombas, a au pair já sai atrasada e chateada e quando, após o seu jantar, ao voltar a casa cansada, ainda consegue surpreender-se quando tenta abrir a porta da rua sem sucesso, está trancada.
Esta situação aconteceu a uma amiga minha, desde o passado sábado que a vida dela deu uma reviravolta, sózinha por estas bandas, teve a sorte de poder contar com os amigos.
Eu nunca me aventuraria a vir para uma cidade onde não conheço ninguém para viver e trabalhar com alguém que nunca vi, com o intuito máximo de estudar, mas isto sou eu... antes ter o meu espacinho e ser waitress ou trabalhar num hotel... trabalho duro por trabalho duro pelo menos chega-se a casa e ninguém chateia!
Londres pode ser um sonho mas em pouco tempo pode virar pesadelo!

Sem comentários:

Publicar um comentário